No meio do verde

Todo o segredo das estrelas virou cadente

Toda a vontade das bússolas se magnetizou

A esperança ganhou pernas e chutou ideias

Esquecendo o sono

Abandonando o abandono omisso

Quando, supostamente, o céu ja estava mapeado

Quando, de fato, a via láctea expandia e os horizontes implodiam

E ficava claro qua a velocidade da luz forjava a eternidade de estrelas mortas

 Sophie Metral – turma 128

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: